Nas fotografias, além da sua própria imagem no computador, aparecem entre outros membros do Governo os ministros de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

"Presidi, à distância, à reunião de hoje do Conselho de Ministros. Continuamos a trabalhar para controlar a pandemia e alavancar a recuperação económica do nosso país", escreveu o líder do executivo na sua conta oficial na rede social Twitter.

Na quarta-feira, foi anunciado que António Costa começara a cumprir um período de confinamento profilático determinado pelas autoridades de saúde após ter estado em contacto com um membro do gabinete que testou positivo à covid-19.

Na nota divulgada pelo gabinete de António Costa, referia-se que o primeiro-ministro testara negativo, estava sem quaisquer sintomas, mantendo-se em isolamento.

"O primeiro-ministro mantém toda a atividade executiva à distância", salientava-se no comunicado.

No entanto, "em virtude de ter estado em contacto com um membro do gabinete que veio a ser um caso confirmado positivo à covid-19, e não obstante já ter as duas doses da vacina há mais de mês e meio e de ter cumprido as regras de distanciamento físico e uso de máscara, o primeiro-ministro está a cumprir um período de confinamento profilático determinado pelas autoridades de saúde", lia-se na mesma nota.

Na segunda-feira, em outro caso, este na sequência de um contacto direto, durante o último Conselho Europeu, em Bruxelas, com o seu homólogo do Luxemburgo, Xavier Bettel, que está infetado, o gabinete do primeiro-ministro anunciou que António Costa testara nesse dia negativo ao coronavírus.

Nessa nota, o gabinete do líder do executivo adiantou que António Costa "não teve praticamente contactos com o primeiro-ministro do Luxemburgo", mas fez o teste, apesar de já ter "duas doses da vacina" e ter "usado sempre máscara e ter respeitado as regras de distanciamento físico".

Em dezembro, António Costa esteve em isolamento profilático preventivo depois de um contacto considerado de alto risco com o presidente da França, Emmanuel Macron, tendo passado o Natal na residência oficial de São Bento, em Lisboa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.