Em pleno mês de mercado de transferências daquele que muitos chamam de desporto-rei, o anúncio de que Ninja iria 'mudar de camisola', da Twitch para o Mixer, agitou o mundo do streaming. E o streamer norte-americano de 28 anos, que é também YouTuber e jogador profissional de Esports e ficou conhecido pelas suas streams de Fortnite, logo no primeiro dia na sua nova morada digital chegou a meio milhão de subscritores, atingindo a marca de 1 milhão de assinantes ativos ao fim de cinco.

"Obrigado por todo o apoio incrível", escreveu Ninja na sua conta oficial de Twitter ao anunciar o marco. “Não me sentia tão bem há muito tempo", anunciou, prometendo que o modelo de produção de conteúdos será o mesmo, só muda a plataforma na qual os divulga.

Desde a sua primeira transmissão, Ninja ajudou o Mixer a tornar-se na aplicação gratuita mais descarregada na App Store para iOS e foi um dos destaques da edição do festival Lollapalooza em Chicago, nos EUA.

A saída de Ninja da Twitch para ingressar no Mixer parece ser exactamente o que o serviço da Microsoft precisava para conquistar maior popularidade, como referem algumas publicações da especialidade. Uma delas, a The Verge, explica que um milhão de assinantes em cinco dias é “um feito impressionante, independentemente da plataforma”, e “é um forte testemunho da popularidade da Blevins e da força de sua marca pessoal, independentemente da plataforma”.

Isto porque a principal diferença entre o Mixer e a Twitch (ou até o YouTube) é a sua base de seguidores e subscritores que acompanham transmissões em tempo real. Escrevia o Techcrunch no início de julho que o site de live streaming propriedade da Amazon continuava a liderar neste segmento.

A grande dúvida agora é a longo prazo, nomeadamente quantos dos subscritores estarão ativos daqui a dois meses. Já que o Mixer (também ao contrário da Twitch) é uma plataforma paga e ofereceu dois meses grátis de assinaturas para o canal de Ninja.

Considerado uma das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2019 pela Revista Time, Ninja era um dos nomes mais populares da Twitch e contava com mais de 14 milhões de seguidores. Em março de 2018, Blevins estabeleceu um recorde de 635.000 espetadores — número que o próprio ultrapassou no mês seguinte —, depois de organizar um jogo de Fortnite com os músicos Drake e Travis Scott, e o jogado de futebol americano JuJu Smith-Schuster.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.