Os centros comerciais têm um Pai Natal, os grandes mercados também, até a Lapónia tem um Pai Natal, e onde é que pode encontrar um Pai Natal numa altura em que há um exponencial aumento da procura? Isto podia ser um verdadeiro problema... até à era das redes sociais.

É certo que não temos um mercado tão elaborado como o americano, mas há várias pessoas que, nesta altura do ano, arranjam uma ocupação alternativa. Nos Estados Unidos o mercado está de tal forma elaborado que existe uma escola que dá formação a quem quer ser Pai Natal.

Na "terra do Tio Sam", um Pai Natal ganha entre 23 e 43 euros por hora, mas há um grupo de elite que chega a ganhar quantias que atingem os 280 euros por hora. Em Portugal não há números conhecidos.

Desengane-se quem acha que o trabalho de Pai Natal "qualquer um fazia". Na realidade, muitos são verdadeiros profissionais do entretenimento, para além de terem verdadeiras competências de relacionamento com crianças.

Este ano surge uma nova tendência: a contratação através do LinkedIn.

Perfil LinkedIn Pai Natal

Os profissionais da quadra alteram a sua foto de perfil em alusão à época festiva. Os tradicionais perfis são editados e ganham competências próprias da época, como a formação em "distribuir presentes".

Os requisitos são: ter uma barba branca crescida, formação e esperar que gostem de si e do que têm para oferecer.

Quer contratar um Pai Natal? O LinkedIn pode ser uma boa opção. Mas despache-se, é que já não tem muito tempo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.