Há mais uma plataforma internacional de streaming em Portugal. Se há uns anos a escolha recaia apenas entre a Netflix (que continua a ser a líder e a mais popular) e a Prime Video, os tempos de 2022 oferecem mais opções no mercado como a HBO Max, Disney+ ou Apple TV+ (só para citar algumas, há outras). E, agora, podemos juntar a este lote a SkyShowtime (disponível em site, apps móveis iOS e Android, Android TV, Google TV e LG TV).

  • A plataforma está disponível num modelo fixo de €4,99 / mês. No entanto, há um desconto "para sempre" de 50% para quem subscrever o serviço até dia 6 de dezembro. Ou seja, quem "assinar" a plataforma até à data apanha um desconto promocional que coloca a fatura final nos €2,49 / mês.
  • Nota: Caso a mensalidade aumente no futuro, desde que não haja nenhum cancelamento de subscrição, o desconto de 50% mantém-se sobre esse valor. A parte do "para sempre" prende-se com o desconto promocional e não com os €2,49 / mês.

Se o nome soa a familiar é porque há razões para isso: este não é mais do que a agregação de duas conhecidas marcas: a britânica Sky (dona dos canais de notícias e dos canais desportivos) e a americana Showtime (canal de cabo tipo HBO que oferece vários tipo de conteúdo, desde séries como "Dexter", "Billions" ou "Californication", a lutas de boxe ou de MMA).

  • A marca Sky é detida pelo conglomerado Comcastque detém a NBC Universal, que por sua vez é dona do serviço de streaming Peacock, que tem acesso à riquíssima biblioteca do estúdio da Universal e do canal de televisão NBC — ou seja, a filmes como os das franquias "Jurassic Park" e "Fast and Furious" ou a séries como o "The Office", "Frasier" ou "ER - Serviço de Urgência".
  • A Showtime, por seu turno, pertence ao conglomerado Viacom CBSque há um par de anos se fundiu com os estúdios da Paramount, que detém o serviço de streaming Paramount+ — ou seja, é daqui que vem a série "Halo" e daqui a uns meses "Top Gun: Maverick", o filme mais visto do ano em Portugal.

E porquê toda esta conversa de corporações e nomes? Porque estes dois aglomerados mexem com muitas empresas e isso vai fazer com que algumas séries e filmes mudem de casa nos próximos tempos.

  • Exemplo: Em Portugal, a HBO Max tem várias séries "emprestadas" no seu catálogo. É o caso de "The Man Who Fell to Earth" e "Dr. Death". A primeira é original Showtime e a segunda é um original Peacock. No entanto, quando terminarem os contratos de cedência de direitos, vão voltar à casa mãe, ou seja, à SkyShowtime. Repara que estes são só dois casos, embora existem mais.

De forma resumida, esta é a apresentação do serviço que chegou ao nosso mercado.

Estas são as séries da SkyShowtime que recomendamos para ti:

De maneira a que quem nos ouve não tenha que perder tempo à procura do que ver ou do melhor que há por lá, nós aqui no Acho Que Vais Gostar Disto andámos a rapinar a plataforma por vocês. O resultado dessa investigação resulta em sete recomendações.

"The Offer" - História dos bastidores de "O Padrinho". Entre amizades para a vida, pedidos de ajuda à máfia ou a excessos logo às 10h00 da manhã, tudo parece ter acontecido nos bastidores daquele que é considerado um dos melhores filmes de sempre. (Trailer)

"Halo" - Adaptação de uma das franquias de videojogos mais lucrativas de todos os tempos, que se estende a livros, BD’s, curtas-metragens, filmes de animação, filmes, entre outros produtos licenciados. (Trailer)

Ainda não subscreveste o nosso podcast? Estamos no Spotify, na Apple Podcasts e no Google Podcasts.

Ao subscreveres garantes que não voltas a perder os próximos episódios e novidades! ;)

E já que aqui estamos, fazemos também um pequeno pedido: deixa críticas e reviews nas plataformas. Nós agradecemos e todo o feedback é bem-vindo!

"The Affair" - Já esteve na HBO Max, mas agora regressou à base. É uma das melhores séries da biblioteca da plataforma e vive da forma original como esta história de infidelidade é contada: os acontecimentos são os mesmos, mas temos um episódio dividido em duas partes, cada uma com duas perspectivas diferentes (marido vs mulher). (Trailer)

"Frasier" - Uma sitcom "clássica", exibida na NBC entre 93 e 2004. Conta a história de um psiquiatra (Frasier Crane) que virou estrela de rádio. Uma comédia brilhante, vencedora de 37 Emmys. Vêm aí mais episódios, visto que a Paramount+ anunciou um remake/sequela com o protagonista de sempre. (Trailer)

"Drunk History" - É uma série “educacional” à boleia do humor, álcool e caras conhecidas da comédia norte-americana. As datas e nomes dos intervenientes são exatas, já o conteúdo histórico não se pode ter tanta a certeza. (Trailer)

"Yellowstone" - Uma das séries bandeira da plataforma. Kevin Costner lidera um elenco secundário de luxo e a história segue um homem que vai proteger o seu rancho a todo o custo. Renovada recentemente para uma 5.ª temporada, as três primeiras estão completas, mas vai ser preciso esperar até que a 4.ª fique disponível (em exibição na TV Cine). (Trailer)

"American Gigolo" - Em 1980, Richard Gere fez de acompanhante de luxo no filme de sucesso de Paul Schrader e virou galã de Hollywood. Hoje, o gigolo em formato série é protagonizado por Jon Bernthal, numa história passada 15 anos após a original. (Trailer)

Estas são recomendações tendo por base o conteúdo disponível neste momento. Contudo, é sabido que a oferta no catálogo vai aumentar. "Top Gun: Maverick", "Jurassic World: Domínio", "Nope", "Downton Abbey: A New Era", "The Northman", "Belfast" ou "Sonic the Hedgehog 2" são apenas alguns dos títulos confirmados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.