A imagem do comentador sozinho dentro de um ‘bunker’, apenas rodeado por material técnico, foi partilhada pela página oficial da Ucrânia na Eurovisão no Instagram.

Nas fotografias, Timur Miroshnychenko aparece sozinho, com uns auriculares e com recurso apenas a um computador e uma câmara.

Miroshnychenko tem comentado o eurofestival da Canção deste 2007. A única exceção aconteceu em 2017, quando se juntou a Oleksandr Skichko e Volodymyr Ostapchu para apresentar o festival que, naquele ano, se realizou em Kiev, após a vitória de Jamala no ano anterior, e que consagrou Salvador Sobral como o grande vencedor.

Timur Miroshnychenko foi também anfitrião do Junior Eurovision Song Contest 2009, juntamente com Ani Lorak, e novamente em 2013 com Zlata Ognevich.

A Ucrânia foi um dos países concorrentes na primeira semifinal do festival, realizada na terça-feira, tendo conseguido garantir um lugar na final.

Além da Ucrânia, com "Stefania" dos Kalush Orchestra, também Portugal, Suíça, Arménia, Islândia, Lituânia, Noruega, Grécia, Moldávia e os Países Baixos passaram à fase final.

Esta quinta-feira realiza-se a segunda semifinal do festival, onde mais 18 países disputam os 10 lugares restantes para a final. A grande final vai para o ar no sábado, pelas 20h00, e será transmitida pela RTP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.