"Durante a quarentena criativa na web, cada um colabora com o que sabe fazer: os chefs cozinham, os músicos tocam, os personal trainers dão treino e parece-me lógico que o escritor, escreva".

Álvaro filho pegou na sua arte, a literatura, e começou a escrever um livro em tempo real, pela Internet, à vista de todos.

"Delito, Amor e Pandemia" é o título do livro do escritor nascido no Brasil e radicado em Lisboa. Tem como pano de fundo a capital portuguesa em tempo de pandemia e quatro jovens delinquentes como atores principais.

Em Livro ao Vivo, nome do projeto, o vencedor do prémio Novos Talentos Escrita Fnac, em 2018, através da Facebook, explica como se constrói um texto literário.

Nas sessões, ao fim da manhã e no princípio da noite, nos diretos na página oficial naquela rede social e em diálogo com quem o segue, explica, edita e muda o texto.

"Sempre achei estranho e, até, comovente a história de que o escritor está condenado a um ofício solitário. Talvez a tecnologia permita também partilhar a solidão," explica Álvaro Filho.

O projeto Livro ao Vivo, com previsão de duração de duas semanas, deverá terminar durante a Páscoa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.