Os músicos Rui Souza, conhecido como Dada Garbeck, e Nuno Duarte e Alexandra Saldanha, membros dos Unsafe Space Garden, juntaram-se recentemente para criar uma nova editora discográfica e os primeiros lançamentos, em março, foram dos respetivos projetos musicais.

O trio Unsafe Space Garden lançou o álbum de estreia “Guilty Measures”, Dada Garbeck publicou “Voz humana”, e a editora prevê fazer dois outros lançamentos discográficos este ano, um dos quais um EP da artista venezuelana Arianna Casellas.

“Em termos artísticos não temos uma linha estética de que andemos à procura. Interessa-nos conhecer o artista, a relação com aquilo que ele faz, se se identifica com a nossa forma de ver a arte - que é bastante romântica - e se o disco tem pensamento por detrás”, descreveu Rui Souza.

Para divulgar cada um dos álbuns, a editora tinha tentado delinear um plano de concertos e apresentações, mas ficou tudo em suspenso por causa da pandemia da doença Covid-19.

“Alguns concertos estão ainda pendentes, sobre outros não foram tomadas decisões, eram no verão, outros foram adiados com uma incerteza”, disse. Ainda assim, Rui Souza está otimista.

“É importante que a editora cresça devagar e vá aparecendo. Este novo paradigma está a fazer com que digitalmente as coisas sejam mais vistas. As músicas estão a ser mais ouvidas do que outrora e com isso a editora vai junto. Sente-se um crescimento grande [no consumo pela Internet], e nota-se porquê, as pessoas estão em casa”, explicou.

Rui Souza, 30 anos, que assina Dada Garbeck e que também é diretor musical no Teatro da Didascália, em Guimarães, explica que “Vox humana” é o segundo álbum de uma tetralogia conceptual intitulada “The Ever Coming”, sobre a ideia do “eterno retorno”, assente nos sintetizadores.

“Trabalho muito a música circular. Este segundo disco é uma reminiscência do primeiro. O que liga os quatro [álbuns] é o trajeto da minha vida; eu trabalhei muito com órgão, voz e sopros. O primeiro álbum é com sintetizadores, o segundo é dedicado à voz humana e o terceiro sobre sopros. O último será o retorno ao início, e será só piano”, elencou.

Os álbuns de Dada Garbeck e Unsafe Space Garden têm, por agora, existência apenas em digital, mas “num futuro próximo haverá edição física”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.