O site Gold Derby, que antecipa as nomeações para os Globos de Ouro coloca "La La Land" como um dos favoritos, sem dar grande importância à controvérsia se é um musical ou uma comédia romântica. "No geral, os eleitores dos Globos de Ouro gostam de dividir as nomeações entre filmes diferentes, mas posso dizer honestamente que vejo este filme e os seus protagonista, Ryan Gosling e Emma Stone, como vencedores", afirmou o diretor do Gold Derby, Chris Beachum. "E tem possibilidades de ganhar na realização e nas categorias de banda sonora e música original. Pode sair-se muito bem", acrescentou.

O anúncio das nomeações aos Globos de Ouro está agendado para esta segunda-feira e ocorre alguns dias antes das do influente sindicatos de atores que dará as primeiras pistas sobre os filmes que são prováveis candidatos aos oscares. As indicações da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) abrangem tanto as produções para cinema como para televisão. A última edição dos prémios foi marcada pela polémica sobre as categorias em que alguns filmes concorriam, com vários setores da indústria do cinema e da televisão a questionarem por que razão"Perdido em Marte" e "Joy " competiram como melhor comédia quando a história era, na realidade, um drama.

Na categoria drama referente a 2016, os especialistas concordam que "Manchester by the Sea" - em que a interpretação de Casey Affleck foi muito aclamada - tem possibilidades de conseguir várias nomeações. "Moonlight", protagonizado por Mahershala Ali e Naomie Harris, e "Lion", com Dev Patel e Nicole Kidman, que conta a história de uma adolescente adotada por uma família australiana que procura a família usando o Google Earth, também têm boas hipóteses.

O Globo de Ouro será também um termómetro da tolerância de Hollywood ao escândalo causado por Nate Parker e pelo filme "O nascimento de uma nação", visto como um forte candidato a arrebatar todos os prémios da temporada até ao escândalo que envolveu o realizador numa violação coletiva de uma mulher que acabou por se suicidar. "Irão separar a arte do artista? O filme ficará de pé por si só ou as críticas muito variadas irão afundar as suas possibilidades?", questionou Eric Anderson, do blog especializado AwardsWatch.com.

Denzel Washington, vencedor de dois Globos de Ouro no cinema, poderá conseguir a sua primeira nomeação como realizador por "Fences", apesar da concorrência de Martin Scorsese, realizador de "Silêncio" e vencedor em 2012 por "Hugo Cabret". Emily Blunt poderá conquistar a sua sexta nomeação com "A repariga do combóio", enquanto a francesa Isabelle Huppert poderá conquistar a sua primeira com "Elle". Viola Davis ("Fences"), Ruth Negga ("Loving") e Natalie Portman ("Jackie") são fortes concorrentes como melhor atriz.

Nas indicações para televisão, a comédia "Atlanta" pode dominar a categoria com a história de dois primos que tentam triunfar no hip hop, assim como "Divorce" e a sua protagonista Sarah Jessica Parker, que já levou quatro estatuetas por "Sex and the City". O Globo de Ouro será entregue em 8 de janeiro no Hotel Beverly Hilton de Beverly Hills, e terá Jimmy Fallon como apresentador.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.