As duas crias de Elefante – ambos fêmeas – nasceram de uma mãe Elefante chamada Alto, na Reserva Nacional de Samburu, no Quénia.

“Mais um par de gémeos nasceu na Reserva Nacional de Samburu”, anunciou a Save the Elephants numa publicação na rede social Instagram, esta sexta-feira.

"As duas adoráveis crias, com apenas alguns dias de idade, foram avistadas pela primeira vez pelos nossos investigadores na Reserva Nacional de Samburu esta semana", dizem também.

De acordo com a organização, este é um acontecimento raro, "que representa apenas 1% dos nascimentos", sendo esta a segunda chegada de gémeos à Reserva Nacional Samburu, no espaço de dois anos. O nascimento dos gémeos de Alto segue-se ao nascimento recente de outros gémeos elefantes – um macho e uma fêmea – de uma mãe Elefante chamada Bora. Os gémeos de Bora foram os primeiros gémeos nascidos na reserva em décadas.

"Os gémeos de Bora nasceram durante uma das piores secas, mas apesar das suas excelentes habilidades maternais, o elefante fêmea infelizmente morreu", explica a instituição. "Os gémeos elefantes raramente sobrevivem na natureza, mas estamos otimistas em relação aos gémeos de Alto, pois há muita comida no parque depois das chuvas, então Alto deve ser capaz de produzir bastante leite para alimentar a sua ninhada, além de ter o apoio incrível dos seus companheiros de manada", acrescentam.

A notícia de dois nascimentos foi recebida com grande alegria no Quénia, tendo em conta que a espécie Elefante-africano-de-savana está atualmente na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (Em Perigo). Hoje em dia, existem cerca de 36.280 elefantes no Quénia, segundo o Kenya Wildlife Service, um número bastante inferior quando comparado com a população estimada de 170.000 no início da década de 80.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.