Seja encontrando e recuperando guloseimas de recipientes ovais coloridos ou ingerindo ovos verdadeiros, os animais celebraram a Páscoa e ao mesmo tempo seguiram os seus instintos naturais.

Ganas, o Dragão de Komodo, que consegue farejar comida até 9 km de distância usando a língua, fez um "trabalho rápido" com uma seleção de ovos de pato, codorniz e galinha, diz a Reuters.

"Os dragões de Komodo realmente comem ovos na natureza", disse o tratador Joe Capon. "Eles comem ovos de outros dragões e comem ovos de crocodilos, então também gostam de fazer isso aqui em cativeiro."

O zoológico diz que o evento temático de Páscoa incentiva animais em cativeiro a usar as habilidades que precisariam na natureza, como encontrar comida entre a vegetação.

Mark Habben, responsável pelo zoológico, explicou a atividade ao The Guardian. “Nós gostamos sempre de encontrar maneiras divertidas de os animais se juntarem às festividades - mas não haverá chocolate para nossos animais nesta Páscoa, por isso preparámos uma caça aos ovos cheia de vegetais para os nossos animais".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.