O humorista Chris Rock subiu ao palco para anunciar o Óscar de Melhor Documentário, na 94.ª edição dos Óscares, e fez uma piada sobre Jada Pinkett-Smith e uma sequela de “G.I. Jane”, numa referência à sua cabeça rapada. Pinkett-Smith sofre de alopecia, uma condição que causa queda de cabelo.

Em palco, Rock tentava minimizar a situação: "Will Smith acabou de me dar 'uma boa'", afirmou, acrescentando que aquele tinha sido um momento para "a história da televisão".

Nos minutos seguintes, entre o público e a imprensa acreditada, gerou-se a dúvida sobre se o que tinha acontecido fora combinado e fazia parte do número de comédia de Rock.

Minutos depois, Will Smith voltaria a subir ao palco para receber o seu primeiro Óscar de Melhor Ator pelo papel em "King Richard", o filme que conta a história do pai das famosas tenistas Venus e Serena Williams.

Os candidatos a melhor ator eram Javier Bardem, por “Being The Ricardos”, Benedict Cumberbacth, por “O Poder do Cão”, Andrew Garfield, por “Tick, Tick... Boom!", Will Smith, por “King Richard”, e Denzel Washington, por “The Tragedy of Macbeth”.

Ator Will Smith pede desculpa à Academia e à família Williams sem citar Chris Rock

O ator Will Smith, ao receber o Óscar de Melhor Ator, pediu desculpa à família das tenistas Venus e Serena Williams, na base do filme que lhe deu o prémio, depois de ter agredido o comediante Chris Rock.

"A vida imita a arte e eu tornei-me um pai louco, como o meu personagem", disse Will Smith, ao receber o Óscar de Melhor Ator, pelo desempenho em "King Richard", filme centrado na família das tenistas Venus e Serena Williams, e na determinação do seu pai, Richard Williams, em formar campeãs.

"Espero que a Academia volte a convidar-me", acrescentou Will Smith, minutos depois de ter reagido com violência a uma piada de Chris Rock, sobre a sua mulher, mas sem incluir o comediante no pedido de desculpas.

Durante o discurso, em lágrimas, o ator pediu desculpa à Academia e aos nomeados, e tentou justificar o seu comportamento, mas sem falar diretamente da agressão.

"Richard Williams foi um corajoso defensor da sua família", disse, numa referência ao pai das irmãs Williams, papel que desempenha e lhe deu o Óscar.

"Por vezes, é preciso aturar insultos, e é preciso continuar a sorrir e a dizer que está tudo bem", acrescentou o ator.

Will Smith mencionou igualmente o ator Denzel Washington, que o tentou acalmar, lembrando-lhe que, "no momento mais alto, é quando o diabo nos tenta".

A emissão televisiva, que corria com 'delay', teve um corte de alguns minutos, durante grande parte dos acontecimentos, a que se seguiu um intervalo publicitário, mas pôde ser vista em algumas plataformas e depressa as imagens em causa chegaram às redes sociais.

A apresentadora Amy Schumer retomou a emissão, brincando com o tempo que tinha demorado a mudar de vestido: "Escapou-me alguma coisa?", perguntou.

Lista dos vencedores da 94.ª Edição dos Óscares:

  • Melhor Filme

“CODA - No Ritmo do Coração”

  •  Melhor Realização

Jane Campion – “O Poder do Cão”

  • Melhor Atriz

Jessica Chastain – “The Eyes of Tammy Faye”

  • Melhor Ator

Will Smith – “King Richard”

  • Melhor Ator Secundário

Troy Kotsur – “CODA - No Ritmo do Coração”

  • Melhor Atriz Secundária

Ariana DeBose – “West Side Story”

  • Melhor Argumento Original

“Belfast”

  • Melhor Argumento Adaptado

“CODA - No Ritmo do Coração”

  • Melhor Cinematografia

“Dune”

  • Melhor Montagem

“Dune”

  • Melhor Filme Internacional

“Drive my Car”

  • Melhor Documentário em Longa-metragem

“Summer of Soul”

  • Melhor Documentário em Curta-metragem

“The Queen of Basketball”

  • Melhor Filme de Animação

“Encanto”

  • Melhor Curta-metragem de Animação

“The Windshield Wiper”

  • Melhor Curta-metragem

“The Long Goodbye”

  • Melhor Banda Sonora Original

“Dune” - Hans Zimmer

  • Melhor Canção Original

“No Time to Die” – (“No Time to Die”)

  • Melhor Direção de Arte

"Dune"

  • Melhor Guarda-Roupa

“Cruella”

  • Melhores Efeitos Especiais

“Dune”

  • Melhor Som

"Dune"

  • Melhor Caracterização

“The Eyes of Tammy Faye”

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.