A confirmação foi feita pela Associated Press, que avançou inicialmente que 40 pessoas tinham sido retiradas preventivamente de um prédio junto à sede da Comissão Europeia depois de uma ameaça de bomba.

Segundo a agência, Ilse Van de Keere, porta-voz da polícia belga, disse que uma "ameaça de bomba por telefone" foi feita hoje de manhã a um escritório de consultoria ligado à Comissão Europeia, não revelando o nome da empresa.

A ameaça, tendo sido levada a sério, obrigou a que parte da rua tenha sido vedada e que tenham sido empregues cães farejadores para procurar bombas. As operações não revelaram qualquer engenho, tendo a rua sido reaberta.

[Notícia atualizada às 13:11]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.