"Vimos o vídeo e começámos uma investigação para conhecer os factos", divulgaram os responsáveis da companhia num comunicado sobre o incidente, lamentando também o que aconteceu com "profundo pesar" para com as pessoas afetadas e as famílias.

Segundo o vídeo publicado na rede social Facebook por um dos passageiros, uma mulher chora com um bebé nos braços, enquanto um homem se levanta e diz à hospedeira: "A mim, se me fazes isso atiro-te ao chão".

A mulher, que viajava com dois bebés de São Francisco para Dallas, tentou entrar no avião com um carrinho de bebé e a hospedeira terá alegadamente agarrado no carrinho e agredido-a.

Fontes citadas pelo Wall Street Journal indicaram que se tratou de um acidente e que não terá ocorrido uma agressão intencional por parte da hospedeira.

"O que vemos no vídeo não reflete os nossos valores nem a forma como tratamos os nossos clientes", acrescenta a American Airlines no comunicado, indicando que a hospedeira foi suspensa enquanto decorre a investigação.

Recentemente, outra companhia norte-americana de aviação, a United Airlines, foi alvo de críticas após expulsar à força um passageiro cuja imagem de rosto ensanguentado foi difundida amplamente pelas redes sociais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.