“Os domínios que temos em perspetiva são energias, telecomunicações, tecnologias de informação, geologia e minas, espacial e a agroindústria, esperamos que essa reunião da comissão possa se realizar em finais de abril em Luanda”, disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros da Russia, Serguei Lavrov.

Lavrov, que falava hoje, em Luanda, no final das conversações entre as delegações angolana e russa, sinalizou as relações históricas e de amizade com Angola e recordou a cooperação já existente no domínio económico, técnico militar e humanitário, numa declaração de imprensa sem direito a perguntas.

O lançamento do satélite angolano Angosat 2, em outubro passado, observou o ministro russo, “permite abrir novas linhas de cooperação não só no domínio espacial, mas em outras áreas de tecnologias”.

Enalteceu também o desenvolvimento da cooperação no setor humanitário, sobretudo do domínio da formação, dando conta que Rússia decidiu duplicar as bolsas de estudo que oferece à Angola, que devem passar de 150 para 300, em 2024.

Segundo o diplomata russo, que falava ao lado do seu homólogo angolano, Téte António, nas conversações de hoje ficou igualmente acordada a aceleração da cooperação e assinatura de vários instrumentos bilaterais.

Os setores da cultura, energia atómica e operações humanitárias devem ganhar novo fôlego no quadro da relação bilateral.

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, realçou também a importância das conversações com a delegação russa, referindo que as mesmas permitiram um “diálogo franco e de amigos”, onde estiveram em abordagem questões bilaterais, regionais e internacionais.

“Relativamente as questões bilaterais, concordamos que, tendo em conta as dinâmicas existentes entre os dois países e atmosfera internacional, continuaremos a aprofundar vários aspetos abordados hoje, através da comissão bilateral, bem como através do diálogo entre os setores”, apontou.

“Colocámos um acento particular no que diz respeito à nossa preparação no setor diamantífero, tendo em conta o peso deste setor na economia nacional e as dificuldades que hoje encontramos requerem também soluções inovadoras”, sublinhou o governante angolano.

Serguei Lavrov cumpre hoje o seu primeiro dia de visita a Angola, seguindo, após o encontro com o seu homólogo angolano para o Palácio Presidencial, onde vai ser recebido pelo Presidente angolano, João Lourenço.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.