As reações ao ataque de Munique não tardam. Esta sexta-feira, um tiroteio junto ao centro comercial Olympia colocou a cidade em  “alerta terrorista elevado”. Contam-se pelo menos nove mortos.

Joachim Gauck

O presidente alemão, Joachim Gauck, disse estar "horrorizado" pelo "ataque assassino" de Munique, expressando sua solidariedade às vítimas e a seus familiares, escreve a AFP.

Marcelo Rebelo de Sousa

"O Presidente da República expressa a sua solidariedade para com o povo alemão, horrorizado por mais este momento trágico que afeta a Alemanha e atinge toda a Europa", lê-se numa mensagem colocada no ‘site’ da Presidência da República portuguesa.

Barack Obama

“Os nossos corações estão com aqueles que possam ter sido feridos. É ainda uma situação activa. A Alemanha é um dos nossos aliados mais próximos. Portanto, vamos garantir todo o apoio que possam precisar para lidar com estas circunstâncias”, disse o presidente norte-americano. 

Boris Johnson

"Estou profundamente chocado e triste com o tiroteio em Munique. Os meus pensamentos estão com as vítimas, os seus entes queridos e com toda a Alemanha", escreveu Boris Johnson, actual ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido.

Hillary Clinton

A candidata democrata às presidenciais norte-americanas, Hillary Clinton, disse no twitter ques está a "monitorizar a situação horrível de Munique. Estamos ao lado dos nossos amigos na Alemanha, que trabalham para trazer os responsáveis à justiça", escreveu.

Mariano Rajoy

"Estou preocupado e a acompanhar a evolução do ataque em Munique. O povo alemão conta com todo o nosso apoio e afecto", publicou Mariano Rajoy, presidente do governo espanhol, no Twitter.

Pedro Sanchez

"Comoção e tristeza pelo brutal ataque que ocorreu em Munique. As nossas condolências e solidariedade para com as vítimas e as suas famílias", escreveu também na rede social o secretário-geral do partido socialista espanhol, o PSOE. 

FC Bayern de Munique

"Compaixão. Perplexidade. Os pensamentos do FC Bayern de Munique estão com todos os que foram envolvidos", publicou o clube  no Twitter.

Javi Martinez 

O jogador do Bayern de Munique deixou também uma mensagem no Twitter, onde se mostra revoltado com os acontecimentos. "Estou muito triste por saber de notícias como esta, isto tem de parar já! Todo o meu apoio para as famílias e amigos dos afectados", escreveu.

Carlo Ancelotti 

Quase sem palavras, o treinador do Bayern de Munique escreveu no Twitter: "Muito triste... incompreensível... a minha solidariedade para com as vítimas e suas famílias".

Donald Trump

"As nossas orações estão com todos os afectados pelo horrível ataque em Munique. Isto não pode continuar. O terrorismo ameaça o modo de vida de todas as pessoas civilizadas, e precisamos de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para o manter longe das nossas fronteiras", escreveu Donald Trump, candidato republicano às presidenciais norte-americanas, no Facebook.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.