Os coletes amarelos cumprem este domingo um ano de protestos. A 17 de novembro de 2018 cerca de 300.000 pessoas, vestidas com os tais famosos coletes, bloquearam estradas, praças e portagens em toda a França para defender mais justiça económica. O mesmo se repetiu pelos sábados seguintes, nos meses seguintes. Mas o movimento perdeu força e passou a reunir apenas poucas dezenas de pessoas na capital francesa — até este sábado.

A opinião pública, segundo uma sondagem divulgada pelo canal de televisão BFMTV e citada pela Agência Lusa, ainda apoia maioritariamente o movimento, com 55% dos inquiridos a darem esta opinião, mas 63% considera que os “coletes amarelos” não devem voltar às ruas. A iniciativa nasceu nas redes sociais e foi replicada noutros países europeus, Portugal incluído.

Mas noutras notícias, o Luxemburgo será ainda mais (!!) português. A Seleção portuguesa disputa amanhã o decisivo jogo de apuramento para o Europeu2020, uma partida que poderá assistir pelas 14h00 na RTP1. Para a história poderá ficar ainda o golo 100 de Ronaldo com a camisola de Portugal.

Em Itália, mais precisamente em Milão, quatro escritores britânicos, Ken Follett, Lee Child, Jojo Moyes e Kate Mosse, iniciam uma digressão europeia para expressarem a sua rejeição ao “Brexit”. Os autores seguem depois para Madrid, onde no dia 19 têm agendado nova iniciativa.

Este domingo é também Dia Mundial em Memória das Vítimas das Estradas, data dedicada à memória dos muitos milhões de pessoas falecidas ou feridas em desastres de viação em todo o mundo.

E assinala-se ainda o Dia do Não Fumador e o Dia Internacional do Bebé Prematuro. Por ocasião da segunda efeméride, os Hospitais do grande Porto juntam-se para assinalar a data com prematuros, famílias, profissionais e todos os interessados participar num dia de atividades lúdicas e de partilha de informação sobre esta realidade. Haverá um Espaço-Mães, atuações musicais, zona de expressão plástica, largada de balões, entre muitas outras atividades; alguns edifícios do Grande Porto estarão iluminados com a cor da Prematuridade, o lilás.

Se é fã de videojogos, tecnologia ou entretenimento digital no geral, saiba que amanhã é a última oportunidade para passar o Moche XL Games World, que se realiza na Altice Arena.

Dando-lhe um pouco de música. Os Queen lançaram um site para quem se sente capaz de cantar como Freddie Mercury, o FreddieMeter. No âmbito do Lisboa & Sintra Film Festival, os Mão Morta dão este domingo um filme-concerto, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, com base na banda-sonora que a banda criou para o filme soviético “A Casa na Praça Trubnaia”. Miguel Ângelo editou esta sexta-feira “Nova(pop)”, álbum criado em colaboração com quatro “nomes da nova pop portuguesa” (Chinaskee, D’Alva, Filipe Sambado e Surma), e que serve para assinalar os 35 anos de carreira do vocalista dos Delfins. “Aqui está-se sossegado”, o álbum que junta Camané a Mário Laginha foi também editado esta sexta-feira e amanhã poderá ler o fadista e o pianista em entrevista ao SAPO24.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.