A informação foi avançada hoje à agência Lusa por uma fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores indicando que “os restantes meios deverão iniciar as operaçoes pelas 09:00 locais (10:00 em Lisboa)”.

Estas buscas vão contar com o envolvimento dos “cinco corpos dos bombeiros de São Miguel, o serviço municipal de proteção civil da Povoação, capitania do porto de Ponta Delgada, Polícia Marítima, Associacao de Nadadores Salvadores da Costa Norte e PSP”, acrescentou.

A chuva forte que se regista desde sexta-feira provocou o arrastamento da viatura da Santa Casa da Misericórdia da Povoação, onde seguiam as duas funcionárias, que estariam a fazer apoio domiciliário, e que continuam desaparecidas.

A viatura foi localizada na sexta-feira no fundo de uma ribeira, presa e capotada junto à Povoação, mas não foram avistadas pessoas.

As buscas foram suspensas por volta das 18:00 de sexta-feira, devido às condições meteorológicas adversas no local.

Em comunicado, a delegação dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera explica que “a depressão, com uma superfície frontal oclusa associada, continua a condicionar o estado do tempo em todo o arquipélago” com a ocorrência de precipitação forte que poderá ser acompanhada de trovoada.

Fonte da Proteção Civil dos Açores adiantou à agência Lusa não ter havido registo de qualquer ocorrência relacionada com o mau tempo desde a madrugada e até ao início da manhã de hoje.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.