“Este é um tempo que pode ser muito transformador na forma como o país se relaciona com a Cultura e com as Artes”, reconheceu Graça Fonseca, a propósito do estado de emergência imposto por causa da pandemia da doença Covid-19, e que levou ao abrandamento ou paralisação de atividade de vários setores económicos, incluindo a Cultura.

Segundo Graça Fonseca, esta semana deverá ser anunciada a criação de uma plataforma inédita, “social e de empresas”, “que pretende ligar entidades e artistas resultando num investimento direto e imediato de empresas públicas e privadas em projetos artísticos futuros”.

“Queremos estruturar e remunerar este movimento de artistas que nos têm estado a oferecer música, teatro, animação, mas de uma forma voluntária e não remunerada”, através de atuações na Internet, disse.

Sem adiantar os moldes em que essa plataforma será estabelecida, Graça Fonseca referiu que já há parceiros identificados para participar neste “movimento conjunto” e que poderá envolver, por exemplo, “canais digitais ou através mesmo de um canal de sinal aberto na plataforma TV”.

“É transformar a relação que as entidades privadas têm com a criação e os criadores. Não é numa lógica nem de subsídio nem de mecenato”, disse. É potenciar aquilo que algumas empresas já fazem, nomeadamente associando-se a eventos, como festivais de música, ou adquirindo obras de arte contemporânea.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 15.100.

Em Portugal, há 23 mortes e 2.060 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral de Saúde.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira, até às 23:59 de 02 de abril.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.