Segundo as informações do jornal “Yedioth Ahronoth”, a partir de domingo os serviços e trabalhos que não recebem público vão poder iniciar atividade, enquanto os restaurantes e lojas poderão fazer vendas apenas ao domicílio.

Da mesma maneira, vai ser permitido aos cabeleireiros e salões de estética que reabram. Todavia, podem receber apenas uma pessoa de cada vez, ao passo que os B&B (Bed and breakfast) podem receber pessoas desde que se certifiquem que vivam na mesma casa.

Os ministérios da Saúde e Educação debateram a possibilidade de reabrir os jardins-de-infância, continuando os restantes estabelecimentos educativos encerrados. O Conselho de Ministros vai reunir novamente no domingo para abordar a reabertura do comércio.

O Ministério da Saúde israelita confirmou esta sexta-feira 7.158 novos casos nas últimas 24 horas, o que leva a um total de 679.149 casos, com 5.019 óbitos.

Indicaram ainda que de momento há 84.060 casos ativos, incluindo 1.094 doentes em estado grave.

Ao nível de vacinas, 3.370.951 pessoas já receberam a primeira dose, das quais 1.965.972 já receberam igualmente a segunda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.