Em comunicado, a Câmara de Cinfães refere que se encontram infetados 34 utentes e 23 funcionários, e que "há um óbito a lamentar", de uma idosa de 92 anos, cuja situação de saúde estava "a agravar-se desde há meses e que tinha testado positivo".

"Os utentes da instituição positivos e os utentes negativos encontram-se separados em lares diferentes. Portanto, sem contacto entre eles", garante esta autarquia do norte do distrito de Viseu.

No total, foram testadas 159 pessoas, aguardando-se ainda os resultados de 37 utentes da instituição em Serviço de Apoio Domiciliário.

A autarquia reitera que "todos os casos positivos foram devidamente contactados e informados pela autoridade de saúde" e que "os funcionários tiveram indicação de isolamento e os seus contactos próximos, nomeadamente os familiares, indicação para isolamento profilático".

"A Proteção Civil Municipal, a Autoridade de Saúde e a Santa Casa da Misericórdia mantêm um acompanhamento rigoroso e permanente, de forma a garantir o máximo bem-estar e as melhores condições de saúde dos utentes e funcionários", acrescenta.

Portugal regista hoje mais um morto relacionado com a covid-19 do que na quarta-feira e mais 417 infetados, a maioria na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dados da DGS indicam um total de 1.524 mortes relacionadas com a covid-19 e de 38.089 casos confirmados.

Em comparação com os dados de quarta-feira, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,1%. Já os casos de infeção subiram 1,1%.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos, a pandemia de covid-19 atingiu os 15.971 casos confirmados, mais 325 do que na quarta-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.