O vice-presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, Osório Silva, explicou que a derrocada ocorreu cerca das 04:00 locais (mais uma hora em Lisboa) e “ocupou metade da via”, uma situação já alvo de intervenção e resolvida pela Direção Regional das Obras Públicas e Comunicações.

Apesar de apresentar hoje ligeiras melhorias, o mau tempo vai continuar a afetar o arquipélago.

No seu mais recente comunicado a Proteção Civil refere que, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), se prevê instabilidade associada a uma vasta zona depressionária, podendo ocorrer aguaceiros por vezes fortes, e eventualmente granizo, acompanhados de trovoada.

As ilhas mais afetadas são as dos grupos Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) e Oriental (São Miguel e Santa Maria).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.