Numa nota, a Polícia Rodoviária Federal confirmou a detenção do suspeito em Aracruz, por volta das 14:10 locais (17:10 em Lisboa).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o suspeito entrou na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Primo Bitti começando a disparar mal entrou no recinto, tendo-se deslocado à sala dos professores, matando dois docentes.

De seguida, deslocou-se de carro até à escola particular Centro Educacional Praia de Coqueiral, provocando a morte a um aluno e deixando pelo menos cinco pessoas feridas.

“Nossas equipas de segurança alcançaram o autor do atentado que, covardemente, atacou duas escolas em Aracruz pela manhã. Decretei luto oficial de três dias em sinal de pesar pelas perdas irreparáveis. Continuaremos apurando as motivações e, em breve, teremos novos esclarecimentos”, escreveu o governador do estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, na sua conta na rede social Twitter.

O Presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, também já reagiu ao ataque prestando “solidariedade aos familiares das vítimas dessa tragédia absurda” e o apoio ao governador do estado “na apuração do caso e amparo para as comunidades das duas escolas atingidas”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.