O gabinete do primeiro-ministro confirmou relatos publicados nos jornais de fim de semana, segundo os quais o casal se casou na Catedral de Westminster, perante um pequeno grupo de amigos e familiares — de acordo com as regras de combate à pandemia no Reino Unido, não podem comparecer mais de 30 pessoas em cerimónias de casamento.

Boris Johnson, 56 anos, e Carrie Symonds, 33 anos, uma ativista em defesa do meio ambiente, anunciaram o noivado em fevereiro de 2020 e têm um filho comum, Wilfred, de 1 ano.

O casamento é o primeiro de Symonds e o terceiro de Johnson, que tem pelo menos outros cinco filhos de relacionamentos anteriores.

O último primeiro-ministro britânico a casar-se no cargo foi Robert Jenkinson, em 1822.

As núpcias acontecem após uma semana politicamente agitada para Johnson, que na quarta-feira foi acusado pelo ex-assessor Dominic Cummings de ter obstaculizado a resposta do Governo à pandemia de covid-19, dizendo que ele era “inadequado para a tarefa”.

Na sexta-feira, um inquérito de uma comissão de ética revelou que o primeiro-ministro agiu “imprudentemente” ao renovar o seu apartamento em Downing Street, sem dizer de onde tinha vindo o dinheiro, mas ilibando-o de má conduta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.