Pablo Iglesias foi hoje reeleito secretário-geral do partido político Podemos, em Espanha, arrecadando 89,03% dos votos contra o único candidato que o enfrentava oficialmente, o deputado andaluz Juan Moreno Yague, segundo dados oficiais.

Iglesias chegou ao Palácio de Vistalegre, em Madrid, com outros elementos da sua candidatura e também com o até agora secretário político, Íñigo Errejón, tendo sido recebido com gritos de “sim, podes” e “unidade, unidade”.

Quando foi finalizada a contagem e os resultados anunciados, os inscritos e simpatizantes do Podemos aplaudiram o abraço de Pablo Iglesias e Íñigo Errejón.

O triunfo de Iglesias nesta votação soma-se à ampla maioria conseguida para a sua nova direção: Pablo Iglesias conseguiu 50,58% dos votos (37 lugares) contra os 33,68% da lista de Errejón (23 assentos) e os 3,23% (dois conselheiros) obtidos pela candidatura dos Anticapitalistas.

O projeto de Iglesias – “Podemos para todas” – também ganhou em todos os documentos que se debateram no Vistalegre: o secretário-geral ganhou com 56% o documento político, com 61,68% o sobre a igualdade, com 54,52% o organizativo e com 53,63% o ético.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.