Segundo o que a autarquia anunciou em novembro, a taxa de estacionamento foi reduzida de um euro para 80 cêntimos por hora e os lugares pagos vão passar a ser 1.800, ao contrário dos 2.600 vigentes durante o período em que a cobrança e vigilância dos parquímetros estavam entregues à ESSE.

A redução do preço resulta da decisão de devolver “à esfera municipal a gestão do estacionamento à superfície dentro da cidade”, com a fiscalização dos parquímetros a ser feita a partir de segunda-feira pelos EUB - Estacionamentos Urbanos de Braga.

Dentro desta "nova área de atuação" dos TUB, empresa municipal de transporte para a qual reverterá toda a receita daquele serviço, está ainda a ser desenvolvido um "sistema de pagamento mais simplificado" das tarifas, através da aplicação Via Verde.

A autarquia fez ainda saber que a política de preços a praticar irá beneficiar a mobilidade elétrica.

Com a nova regulamentação, cada estacionamento terá a duração máxima de duas horas, mas a autarquia garante que está a "avançar com a modernização do processo de digitalização de forma a agilizar a gestão das avenças de moradores, com comerciantes e viaturas elétricas", sendo ainda permitido aos comerciantes de rua oferecer descontos aos clientes.

Os EUB dispõem também de novo ‘site’ (www.eub.pt) no qual constam todas as informações relativas ao estacionamento pago à superfície na cidade e onde será possível pedir avenças e regularizar a situações de incumprimento.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.