Em comunicado publicado na Internet, o grupo extremista afirma que um ‘kamikaze’ detonou o seu cinto de explosivos no meio da multidão.

O Estado Islâmico identifica o homem como Abu Abdallah al-Masri (o egípcio).

Durante o funeral das vítimas, na segunda-feira, o Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, identificou o suicida como Mahmoud Chafik Mohamed Mostafa, de 22 anos.

As autoridades disseram que identificaram o homem a partir do DNA.

O Ministério do Interior indicou igualmente que foram identificadas e detidas quatro pessoas, três homens e uma mulher, no âmbito do inquérito.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.