Questionado pelos jornalistas sobre o fim do uso da máscara de proteção contra a covid-19 em locais fechados, tendo em conta que a Direção-Geral da Saúde previa no mês passado que poderiam cair em abril, Miguel Albuquerque respondeu: “Vamos ver”.

“Nós não temos seguido todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde e temo-nos dado bem, portanto eu vou seguir as recomendações da Direção Regional da Saúde”, afirmou o governante social-democrata à margem de uma visita à sala do tesouro da igreja matriz da Ribeira Brava, na zona oeste da Madeira.

E reforçou: “a pandemia continua presente, vamos continuar a fazer a avaliação e depois tomaremos as decisões em conformidade com aquilo que for mais adequado à salvaguarda da saúde dos madeirenses”.

De acordo com o boletim divulgado hoje pelo Sesaram (serviço de saúde da região), estão 88 doentes internados com covid-19 no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, nenhum deles nos cuidados intensivos.

Desde o início da pandemia, morreram 230 pessoas devido à covid-19 na Madeira, segundo a autoridade regional de saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.