O incêndio que deflagrou na sexta-feira numa zona de difícil acesso do Parque Natural de Montesinho entrou em fase de rescaldo ao princípio da tarde de hoje, disse o comandante da corporação de Bragança, Carlos Martins.

Segundo a fonte, para combater as chamas durante a manhã de hoje foram mobilizados dois meios aéreos portugeses e quatro espanhóis, ao abrigo de um acordo ibérico.

As chamas deflagraram do lado português, na zona da Lama Grande, Bragança, no Parque Natural de Montesinho, e propagaram-se para o lado espanhol.

Em despacho datado de Zamora, a agência noticiosa EFE indica que na parte espanhola foi atingida uma zona do município de Hermisende, tendo sido cortado ao trânsito a estrada provincial ZA-L-2698, que liga as localidades de La Tejera, Hermisende , San Ciprián de Hermisende e Castromil.

No lado português foram queimadas zonas de mato “e algum pinho”.

Ao todo terá sido atingida uma área de florestal entre os 1.600 e os 2.000 hectares.

(Notícia atualizada às 13h40)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.