Em comunicado, a Força Aérea explica que uma aeronave C-295, com uma tripulação de cinco militares, descola na tarde de hoje da ilha do Faial, com quatro toneladas de bens essenciais para apoiar a população da ilha do Corvo.

Este apoio surge na sequência de um pedido do Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, ao Comando Operacional dos Açores.

Após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, em outubro de 2019, causou a destruição total do Porto das Lajes das Flores, o que colocou em risco o abastecimento ao grupo ocidental - ilhas das Flores e Corvo.

Durante a passagem do Lorenzo no arquipélago foram registadas 255 ocorrências e 53 pessoas tiveram de ser realojadas, num total de cerca de 330 milhões de euros de prejuízo, segundo o executivo açoriano

A dificuldade no transporte de mercadorias para as ilhas das Flores e do Corvo resulta dos estragos provocados pelo furacão, que destruiu o porto comercial das Flores, impedindo, desde então, a operação de navios porta-contentores, que abasteciam o Grupo Ocidental - ilhas das Flores e Corvo - antes do "Lorenzo".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.