Adiantou o Major da GNR da Guarda Pedro Gonçalves, em declarações à SIC, que os dois militares foram alvejados quando faziam uma ação de patrulhamento em Aguiar da Beira. Um dos militares, que estava a ser assistido no local, acabou por falecer, não resistindo à gravidade dos ferimentos, enquanto o segundo agente foi transportado para o Hospital de Viseu.

A vítima mortal com 24 anos e o ferido com 41 anos constituíam uma patrulha da GNR de Aguiar da Beira, adiantou o Comando Territorial da GNR da Guarda. "[Os dois militares] foram alvejados no decorrer de uma ação de patrulhamento que estavam a realizar, na zona industrial de Aguiar da Beira, próximo da localidade de Vila Chã", acrescentou a fonte.

Ainda de acordo com a GNR, após a abordagem, um dos militares foi deixado no local, ferido, e o outro foi colocado na bagageira da viatura que utilizavam no patrulhamento, que posteriormente foi “abandonada a cerca de cinco quilómetros do local”.

O militar da GNR que ficou ferido encontra-se "estabilizado, mas inspira cuidados e vigilância", disse fonte do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, citada pela Lusa. De acordo com o diretor do Serviço de Urgência do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, Miguel Sequeira, o militar sofreu ferimentos de bala na face. "Encontra-se estabilizado, mas inspira cuidados e vigilância. Está em avaliação na neurocirurgia e na cirurgia geral", revelou.

Entretanto, junto ao local onde foi abandonada a viatura da GNR, foram encontradas duas pessoas baleadas. O indivíduo do sexo masculino já não apresentava sinais vitais, contrariamente à vítima do sexo feminino, pelo que foi assistida no local. As autoridades ainda estão a verificar se as duas situações estão relacionadas, sendo que admitem existir um elevado grau probabilidade de estarem, adiantou o Major Pedro Gonçalves, que fez um ponto de situação à imprensa ao meio-dia.

Os suspeitos puseram-se em fuga. Está a decorrer uma investigação no terreno que conta com a participação de elementos da Polícia Judiciária. Não se confirma ainda o número de suspeitos envolvidos neste ataque, mas Pedro Gonçalves adianta que serão pelo menos dois indivíduos.

Adianta a Lusa que o alerta foi dado às 07:25, indicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro da Guarda.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.