Ei-los: Portugal tem os seus dois primeiros casos de infeção pelo vírus causador da doença COVID-19.

Dois homens, ambos internados em hospitais do Porto — um no Santo António, outro no São João — foram infetados pelo SARS-CoV-2, colocando Portugal no mapa dos países onde há registo da doença.

Importa notar aqui a diferenciação que usei: o nome da doença é COVID-19; e o nome do vírus que a causa é SARS-CoV-2. Se quisermos comparar: varicela é o nome da doença é SIDA, mas o vírus que a causa é VIH.

Em conferência de imprensa, a ministra da Saúde, Marta Temido, acompanhada da diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, confirmou, esta manhã, os dois resultados positivos.

Ontem, uma cidadã sul-coreana foi retirada do comboio que fazia a ligação Lisboa-Paris. Hoje, a DGS anunciou que as análises tiveram resultado negativo.

Em Portugal, e até às 19:00 de domingo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) tinha registado 85 casos suspeitos de infeção, 12 dos quais ainda estavam em estudo. Em todo o mundo, a epidemia de Covid-19, que teve origem na China, já infetou 89.527 pessoas em 67 países de cinco continentes, das quais morreram 3.056, segundo a informação divulgada às 15:00 de hoje (hora de Lisboa) pela Organização Mundial de Saúde.

Entretanto, em Bruxelas, o Parlamento Europeu decidiu limitar o acesso de visitantes às instalações da assembleia e cancelar eventos não indispensáveis à atividade legislativa e parlamentar, como medida preventiva face ao surto do novo coronavírus, anunciou hoje o presidente da instituição.

Em conferência de imprensa, David Sassoli adiantou que a sessão plenária agendada para a próxima semana em Estrasburgo, França, entre 9 e 12 de março, “realizar-se-á normalmente”, como previsto, naquela localidade, estando os serviços da assembleia “naturalmente” em contacto permanente com as autoridades francesas.

O presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Orlando Nascimento, renunciou ao cargo, segundo uma nota hoje divulgada pelo presidente do Conselho Superior da Magistratura. Na nota enviada à Lusa, o presidente do Conselho Superior da Magistratura, o juiz conselheiro António Joaquim Piçarra explica que a entrega de carta de renúncia “não depende de qualquer aceitação e se tornou imediatamente eficaz”.

“O pior já passou” disse hoje a meteorologista Patrícia Gomes, sobre a chuva e o vento fortes que afetaram oito distritos do continente na noite passada. “As maiores quantidades de precipitação já ocorreram e neste momento vamos ficar num regime de aguaceiros que serão fracos nas regiões sul e no norte podem ser ainda pontualmente fortes e acompanhados de trovoada”, disse à agência Lusa.

“Para hoje existe também um aviso amarelo para agitação marítima com previsão de ondas com 4 a 5 metros na faixa costeira ocidental entre Viana do Castelo e Lisboa”, disse a especialista do IPMA.

“Nos próximos dias vamos ter sempre precipitação mais ou menos fraca e o vento vai soprar com menos intensidade será ainda forte nas terras altas, mas não tão forte como na noite de domingo para segunda-feira. Esta situação vai manter-se até sexta-feira”, contou.

Apesar da chuva destes dias, a seca continua a ser um problema e sente-se este ano “de forma ainda mais intensa” nas zonas do Alto Alentejo e do Sado do que “no resto do país”, alertou hoje a Confederação dos Agricultores de Portugal, que exigiu do Governo medidas atempadas contra o problema.

Para coisas diferentes, vamos até uma fábrica em Sintra: Joana Vasconcelos criou em edifício de 12 metros de altura, em forma de bolo de noiva, revestido de azulejos e peças decorativas da Fábrica Viúva Lamego. O novo projeto da artista portuguesa será inaugurado no final do verão em Inglaterra.

Antes do final do verão, contudo, chega uma Super Terça-Feira: é já amanhã, nos Estados Unidos da América. Os candidatos à nomeação democrata para a Casa Branca preparam-se para o confronto na "super terça-feira", quando 15 estados e territórios votam para escolher um terço dos delegados que decidirão adversário do presidente dos EUA.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.