Natural de Espinho, onde nasceu em 1986, a cabeça de lista é descrita numa das páginas de internet oficiais do partido como tendo "uma vida cívica intensa ao serviço da causa pública, com destaque para a atividade de bombeira, que exerce há vários anos".

"Estamos certos de que a população espinhense saberá reconhecer a qualidade da candidata, pelo que o CDS-PP espera ter um bom resultado eleitoral neste concelho", afirmou Jorge Pato, presidente da distrital, citado na referida página.

"Apesar da sua juventude, Joana Soares tem vasta experiência política, tendo desempenhado cargos relevantes a nível concelhio, distrital e nacional na Juventude Popular", pode ainda ler-se no anúncio da candidatura.

Joana Soares é licenciada em Psicopedagogia Clínica e Psicologia pela Universidade Lusófona do Porto e mestre em Psicologia Clínica e Saúde pela mesma instituição.

Após a conclusão desses cursos, foi diretora pedagógica da Associação de Solidariedade da zona das Fontainhas, também no Porto, e regressou à Universidade Lusófona como docente, sendo que atualmente é aí doutoranda em Ciências da Educação.

Bombeira desde 2004, trabalhou na corporação dos Voluntários de Espinho, na dos Voluntários do Concelho de Espinho e ainda na dos Voluntários de Linda-a-Pastora, após o que, desde 2014, vem exercendo a atividade de formadora nessa área da proteção civil.

Segundo a distrital do CDS, Joana Soares foi ainda adjunta da Secretaria de Estado da Justiça no XX Governo Constitucional e, entre 2012 e 2013, adjunta do vereador com o pelouro do Ambiente na Câmara Municipal do Porto.

Atualmente, preside à distrital de Aveiro da Juventude Popular e é conselheira nacional do CDS-PP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.