No referendo que decorreu no sábado em várias sedes em todo o país, mas cujos resultados só hoje foram divulgados pela JSD, votaram 1.575 militantes, dos quais 911 responderam ‘sim’ à pergunta colocada, o que representa 57,8% dos votantes.

“Concordas com a despenalização e regulamentação da venda de canábis, para fins recreativos, a maiores com idade igual ou superior a 21 anos?”, era a pergunta, à qual 597 militantes da JSD responderam que não, tendo-se registado 59 votos brancos e oito nulos.

O objetivo da iniciativa, segundo a JSD, era perceber se a maior parte da estrutura é favorável, ou não, à legalização das drogas leves, nomeadamente do canábis.

“Há cerca de 30 anos que não havia nenhum referendo interno na JSD”, salienta a estrutura autónoma do PSD.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.