O valor mais alto anterior tinha sido registado em 09 de janeiro, quando o país totalizou 16.105 infeções.

O país anunciou também 999 mortes provocadas pelo novo coronavírus, elevando o total de óbitos para 137.916.

Desde o início da pandemia, o México acumulou ainda 1.588.369 casos confirmados de covid-19.

O México continua a ser o quarto país do mundo com mais mortes por covid-19, depois de Estados Unidos, Brasil e Índia, e o 13.º em número de infeções, de acordo com a contagem da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

O país, que nas últimas semanas sofreu um aumento de casos e de vítimas fatais de covid-19, iniciou a campanha de vacinação em 24 de dezembro, tendo já vacinado 329.983 trabalhadores do setor da saúde, informaram as autoridades sanitárias na quinta-feira (madrugada de sexta em Portugal).

O México foi um dos primeiros países do mundo a iniciar a vacinação, apostando em imunizar a população, de 130 milhões de habitantes, até março de 2022.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.979.596 mortos resultantes de mais de 92,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.