A notícia é avançada esta terça-feira pelo Jornal de Notícias (JN) e a viagem vai demorar o mesmo tempo do que em 1977. Isto é, serão necessárias duas horas e 58 minutos para percorrer de comboio os 336 quilómetros que separam as duas maiores cidades do país.

De acordo com o JN, já foram investidos na linha mais de 1,5 mil milhões nas últimas três décadas, o mesmo que custaria fazer uma linha de alta velocidade, que ligaria Porto e Lisboa, em duas horas. E só é possível circular a mais de 200 km/h em menos de um terço do troço.

A mesma fonte dá conta de que as obras começaram em 1995 e mais de 80% da via foi renovada, mas o tempo de viagem não mudou muito desde então. No entanto, permitiram eliminar 263 das 312 passagens de níveis existentes e instalaram-se sistemas de comunicação modernos.

Contudo, para encurtar o tempo de viagem, está prevista a construção de variantes, ainda esta década, para que viajar entre Porto e Lisboa fique a duas horas de distância. E, a longo prazo, a meta é inspirada na visão de 1988, no Governo de Cavaco Silva, em que a viagem demoraria uma hora e 30 minutos e as novas linhas suportariam a velocidade nominal igual ou superior a 300 km/h. 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.