“A liderança iraniana tem uma escolha. O momento da verdade chegou” para eles, disse Scholz num discurso na Conferência sobre a segurança de Munique.

“Temos uma oportunidade de chegar a um acordo que permitirá o levantamento das sanções” contra o Irão, acrescentou o chanceler alemão, sublinhando que se não se “chegar lá em breve”, então “as negociações correm o risco de falhar”.

Os Estados Unidos relataram na quinta-feira “progressos substanciais” nas conversações de Viena para salvar o acordo sobre o nuclear iraniano, dizendo que um acordo seria possível “nos próximos dias” se o Irão “mostrasse seriedade”.

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano deverá intervir hoje na conferência de segurança de Munique.

As conversações de Viena visam salvar o acordo de 2015 que levantou as sanções económicas internacionais ao Irão em troca de limites estritos ao seu programa nuclear, destinados a impedir que este país obtenha a bomba atómica.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.