“É uma mobilização contra a fome, contra a fraude constituinte ‘madurista’ que a única coisa que vai trazer aos venezuelanos é mais fome e pobreza”, afirmou através de um vídeo na rede social Periscope.

Capriles sublinhou que a marcha vai acontecer “em todo o país”, e indicou que em Caracas deverá decorrer no município Libertador.

Segundo Capriles, “82% das famílias venezuelanas estão em situação de pobreza de rendimentos”e a fome “é um dos principais problemas” que a população enfrenta.

Esta mobilização faz parte da agenda de protestos que a oposição da Venezuela leva a cabo contra o Governo do Presidente Nicolás Maduro, responsabilizado pela crise que o país atravessa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.