Os trabalhos de retirada de cadáveres serão retomados de manhã, disse o porta-voz da Força de Resposta de Desastres Nacionais da Índia, Anil Shekhawat, no final das operações de hoje.

O incidente ocorreu às 04:20 locais (23:50 de sábado em Lisboa), quando uma avalancha de lodo enterrou o autocarro e pelo menos dois carros que circulavam numa estrada do distrito de Mandi, no Estado indiano de Himachal Pradesh, informou à agência de notícias espanhola Efe a polícia local.

Além disso, um segundo autocarro, de onde foi possível recuperar três corpos, precipitou-se para o vazio.

“A operação será suspensa apenas durante a noite e reinicia-se amanhã”, segunda-feira, disse Shekhawat, acrescentando que foram mobilizados elementos do exército, da polícia e da Força de Resposta de Desastres Nacionais da Índia.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, lamentou o incidente e enviou as condolências às famílias dos mortos através de uma mensagem publicada na sua conta na rede social Twitter.

Os deslizamentos de terras e as inundações são frequentes na Índia, sobretudo na época estival, quando as precipitações se intensificam devido às monções.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.