Em comunicado, a GNR indicou que a operação “100 Barreiras” vai ser dividida em duas fases, sendo que nos primeiros três dias os militares promovem ações de sensibilização junto da população, especialmente a condutores de veículos automóveis.

O objetivo, segundo a GNR, é alertar para os constrangimentos causados pelo estacionamento abusivo em locais reservados, nas passadeiras e nos passeios.

Nos dois últimos dias (sábado e domingo), os militares vão realizar ações de fiscalização no interior de localidades para combater o “estacionamento abusivo”.

Esta operação conta com o apoio e colaboração da Associação Salvador, uma instituição particular de solidariedade social que atua na área da deficiência motora.

A GNR lembra também que no sábado comemora-se o “Dia Internacional das Pessoas com Deficiência”.

“Neste âmbito a Guarda implementou o “Programa de Apoio a Pessoas com Deficiência” (PAPcD), visando a promoção dos direitos e garantias de condições de vida dignas às pessoas com deficiência”, é referido no comunicado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.