Serena, a filha de Rosa Cruz, foi encontrada em 2013 dentro da mala de um carro quando tinha dois anos.

Rosa Cruz vai já dormir esta noite na prisão e pode recorrer da sentença pronunciada por um tribunal em Corrèze, centro da França.

De manhã, o Ministério Público tinha pedido oito anos de prisão efectiva para a cidadã portuguesa, que manteve a filha escondida durante dois anos na cave da sua casa e mala do carro.

Na leitura da sentença, a presidente do coletivo de juizes referiu que esta decisão poderia "desiludir" muitas das partes envolvidas no caso.

Rosa Cruz perdeu também qualquer poder paternal sobre a sua filha.

"Quero pedir perdão à Serena por tudo que lhe fiz de mal. Apercebo-me agora que lhe fiz muito mal e que sei que nunca mais vou ver a minha filha", disse a portuguesa radicada em França, ainda antes de ter sido proferida a sentença.


Notícia atualizada às 17:38

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.