A destruição destas 2.511 armas, a realizar numa empresa especializada no Seixal, é a 11.ª ação realizada este ano pela PSP, refere aquele polícia em comunicado.

Com esta ação, a Polícia de Segurança Pública totaliza a destruição de 35.583 armas, enquanto, em 2017, foram destruídas 26.473 armas.

Segundo a PSP, as armas a destruir foram declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos crime, contraordenação ou administrativos, depois de apreendidas durante missões de prevenção e investigação criminais.

A PSP adianta que integram ainda o referido lote as armas entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores ou achadores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.