"Os ministros estão a caminho de Berlim, e vamos analisar a situação no âmbito do Conselho Federal de Segurança", revelou, via Twitter, o porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, Steffen Seibert, nesta sexta-feira à noite. 

A polícia confirmou pelo menos oito mortos no ataque de Munique e adiantou que está a investigar uma nona ocorrência. A suspeita é de que se trate de um cúmplice no tiroteio. Esta tarde, um individuo começou a disparar indiscriminadamente no centro comercial Olympia-Einkaufszentrum, no bairro de Moosach. O presidente alemão, Joachim Gauck, disse estar "horrorizado" com o "sangrento ataque".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.