"Cinquenta e cinco mil soldados russos morreram nesta guerra em seis meses (...) Querem mais? Não? Então, protestem! Lutem! Fujam! Ou rendam-se" ao exército ucraniano, disse, Zelensky em russo, numa mensagem por vídeo.

"São as vossas opções de sobrevivência", acrescentou.

Segundo Zelensky, as autoridades russas preparam-se para mobilizar "até um milhão de homens".

Oficialmente, Moscovo anunciou na quarta-feira a mobilização de 300.000 reservistas.

Mais de 1.300 pessoas foram detidas na quarta-feira em toda a Rússia durante os protestos contra a mobilização, segundo a ONG OVD-Info.

O anúncio da mobilização também provocou uma afluência de russos que queriam deixar o país, com filas nas fronteiras terrestres de vários países.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.