"A Europa está cheia de treinadores, há treinadores ao pontapé, mas escolhe lá cinco bons…"

A frase é de Jorge Jesus - que voltou a ser "o" Jorge Jesus irascível das conferências de imprensa dadas ao serviço do Benfica e do Sporting, pelo menos durante a semana que passou - e, na verdade, se atendermos ao jogo de hoje do Flamengo, talvez não ande muito longe da verdade.

Jorge Sampaoli é, de facto, um "dos bons". E não está na Europa. O "outro Jorge" do Brasil é o argentino que treina o Santos, equipa que aplicou hoje a quarta derrota ao Flamengo no Brasileirão, segunda da era-Jesus no Mengão, em jogos a contar para o principal campeonato brasileiro (a outra derrota foi com o Emelec, em jogo a contar para a Libertadores). Curiosidade: quando a continuidade de Jorge Jesus à frente do Flamengo é ainda uma incógnita, a imprensa argentina avança que o seu eventual substituto poder ser... Sampaoli.

Antes desta partida, de resto, o Flamengo somava 24 jogos sem perder no Brasileirão, feito nunca antes alcançado por qualquer outro clube no atual formato da competição.

Sem poupar jogadores (apenas Rafinha ficou no banco, do 11 habitual do Mengão), os Rubro-Negros foram incapazes de contrariar o Santos, que na primeira parte já vencia por 2-0, fruto dos golos de Marinho (14 minutos) e de Carlos Sánchez (22 minutos).

Na segunda parte, Eduardo Sasha ampliou a contagem para o conjunto de Sampaoli, que com este resultado garante o segundo lugar na edição do Brasileirão deste ano, ainda assim a 16 pontos do Flamengo (que antes deste jogo teria sido líder do Brasileirão apenas com resultados conquistados nos jogos em que Jorge Jesus esteve no banco - o Mengão foi liderado por Abel Braga e Marcelo Salles até à 9.ª jornada).

Até final, ouviram-se "olés" nas bancadas do Vila Belmiro e o Santos voltou a marcar, novamente por Carlos Sánchez, veterano médio uruguaio de 35 anos que acaba o ano com 19 golos marcados em todas as competições pelos Peixe, 12 deles no Brasileirão. E o Santos ainda enviou duas bolas à trave, por Soteldo e Jorge, ambas já em tempo de desconto.

Mau ensaio para o Flamengo de Jorge Jesus antes do seu próximo compromisso, dia 17 de dezembro, frente ao Al-Hilal, em jogo a contar para as meias-finais do Mundial de Clubes que será disputado no Qatar, e onde o Mengão espera bater os sauditas (que foram treinados por Jesus antes do português iniciar a sua aventura no Rio de Janeiro) e defrontar o Liverpool na final.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.