As duas seleções estava conscientes de que a que vencesse garantia desde logo o primeiro lugar e consequente apuramento para as meias-finais, tendo os espanhóis chegado à vantagem de 2-0, com golos de Saul Niguez, aos 21 minutos, e de de Sandro Ramirez, aos 64, Bruma ainda reduziu, aos 77, mas Williams, aos 90+3, fechou a contagem.

Para poder aspirar à presença nas meias-finais, Portugal terá agora de vencer a Macedónia na última jornada e ficar a aguardar pelo desfecho dos outros dois grupos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.