Em São Petersburgo, a Bélgica, uma das favoritas para conquistar a competição, vai dar início à sua campanha no Europeu, perante uma seleção russa que vai ter a vantagem de atuar em casa perante o seu público, nas duas primeiras jornadas do Grupo B.

A equipa belga vai contar com o defesa Jan Vertonghen, do Benfica, mas terá duas baixas de peso: Kevin De Bruyne ainda está a recuperar da lesão sofrida na final da Liga dos Campeões, ao serviço do Manchester City, e é baixa certa, enquanto o avançado Eden Hazard está sem ritmo competitivo e também deverá falhar a partida.

A Bélgica tem como melhor resultado em Europeus o segundo lugar alcançado em 1980, em Itália, enquanto a Rússia foi semifinalista em 2008, no torneio que decorreu na Áustria e Suíça.

O encontro está agendado para as 20:00 (horas de Lisboa).

Também para o Grupo B, em Copenhaga, às 17:00, a Dinamarca ‘apadrinha’ a estreia absoluta da Finlândia, que vai disputar o primeiro jogo de sempre da sua história em fases finais de Campeonatos da Europa.

Os dinamarqueses são uma das sete seleções presentes na competição que já festejaram a conquista do título europeu, do sensacional e histórico triunfo em 1992, no torneio que decorreu na Suécia.

O segundo dia de competição inicia com País de Gales, semifinalista em 2016, e Suíça, do benfiquista Haris Seferovic, a defrontarem-se em Baku, com o Azerbaijão a receber pela primeira vez um jogo de uma fase final de um Europeu.

A partir das 14:00, galeses e helvéticos fecham a primeira jornada do Grupo A, depois de a Itália ter vencido a Turquia, por 3-0, no encontro que marcou o arranque do Euro2020.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.