“Sinto-me feliz por comunicar que vou jogar em Genebra e Paris. Até lá vou utilizar o meu tempo para treinar. Ansioso por voltar a jogar na Suíça”, anunciou no Twitter o antigo número um mundial e atual sétimo colocado no ‘ranking’ ATP.

O helvético, de 39 anos, que esteve cerca de 13 meses ausente do circuito, na sequência de duas cirurgias ao joelho direito, voltou à competição no ATP 250 de Doha, no início de março, mas, após perder nos quartos de final, optou por afastar-se para treinar e ganhar maior ritmo competitivo.

Depois da desistência de Madrid e de confirmar que não vai jogar no Masters 1.000 de Roma, Roger Federer vai estrear-se no ATP 250 de Genebra, um torneio que nunca disputou e que, este ano, será um dos únicos dois que vai jogar em terra batida.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.