Em Oeiras, Pepe, William Carvalho, Bernardo Silva e André Silva estiveram à disposição do selecionador nacional, depois de na terça-feira terem ficado no ginásio a fazer trabalho de recuperação, completando o grupo de 24 jogadores.

Nos primeiros 15 minutos do treino, que foram abertos aos jornalistas, além dos habituais exercícios de aquecimento, Fernando Santos fez uma ‘peladinha' com balizas pequenas, sem guarda-redes, que nesse período trabalharam à parte, e apresentou uma equipa que não deve ficar longe da que vai defrontar a Itália no sábado, em Milão.

Com Pepe castigado, o selecionador nacional colocou José Fonte ao lado de Rúben Dias no centro da defesa, com João Cancelo e Mário Rui nas laterais. Rúben Neves, William Carvalho e Pizzi compuseram o meio-campo, enquanto Bernardo Silva e Bruma ficaram nas alas, no apoio ao ponta de lança André Silva.

Portugal volta a treinar na quinta-feira na Cidade do Futebol, viajando para a Itália ao início da tarde.

Portugal defronta a Itália no sábado, bastando-lhe um empate para vencer o grupo 3 da Liga das Nações A e se qualificar para a ‘final four’, mas mesmo uma derrota em Milão poderá ser retificada três dias mais tarde, em 20 de novembro, quando receber a lanterna-vermelha e já despromovida Polónia, em Guimarães.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.