“Este não é o jogo entre José Peseiro e Carlos Queiroz, mas entre Venezuela e Colômbia”, explicou Peseiro, que em fevereiro assumiu o cargo de selecionador da Venezuela e terá na primeira jornada da fase de apuramento sul-americano a sua estreia.

A Venezuela visita a Colômbia em Barranquilla, a partir das 18:30 de sexta-feira (00:30 de sábado em Lisboa), num jogo em que José Peseiro não terá Salomón Rondón, melhor marcador, que não teve autorização do Dalian, da China, para viajar.

“Agradeço a todos os jogadores, fizeram um esforço para aqui estarem. Temos poucos dias para pormos em prática algumas ideias, vamos defrontar rivais com estilos diferentes [Colômbia e Paraguai]”, adiantou Peseiro, em conferência de imprensa realizada na terça-feira.

O técnico foi oficializado como selecionador da Venezuela em fevereiro, enquanto Carlos Queiroz está à frente da Colômbia há mais de um ano e meio, desde fevereiro de 2019, tendo disputado 14 jogos à frente dos ‘cafeteros’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.