Após um início desastroso do campeonato, a ‘Juve’ somou hoje a sua segunda vitória consecutiva na Serie A, que lhe permite ascender provisoriamente ao nono lugar, graças a um triunfo que começou a ser desenhado por Paulo Dybala, o ‘sucessor’ de Cristiano Ronaldo como figura da equipa de Turim.

Diante do seu público, o internacional argentino inaugurou o marcador aos 10 minutos, naquele que foi o seu 90.º golo na Liga italiana, mas, pouco mais de 10 minutos depois, saiu em lágrimas do campo, depois de sofrer uma lesão muscular, cujo alcance é ainda desconhecido.

Nem o revés de Dybala, que poderá falhar o duelo da Liga dos Campeões com o Chelsea, evitou que a Juventus saísse vitoriosa, com Leonardo Bonucci a converter, com sucesso, uma grande penalidade originada por uma mão na bola, ao minuto 43, e Manuel Locatelli a estrear-se a marcar com a camisola ‘bianconera’, aos 57.

Os golos da Sampdoria, que lançou Adrien Silva apenas aos 59 minutos, foram marcados por Maya Yoshida, de cabeça, aos 44, e por Antonio Candreva, aos 83.

Com o triunfo de hoje, a Juventus sobe, à condição, ao nono lugar do campeonato, com oito pontos, menos oito do que o líder AC Milan, adversário do FC Porto no grupo B na Liga dos Campeões.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.